A ESCOLHA



Autor: Nicholas Sparks

Ano de Lançamento: 2012

Editora: Novo Conceito

Nº de páginas: 303 

História: Travis Parker é um veterinário solteirão de 32 anos que vive com seu cachorro super fofo, em uma pequena cidadezinha na Carolina do Norte. Travis é o tipico cara esportista que adora curtir a vida, viajar e sair com amigos sem se preocupar com nada. 
Gabby é a vizinha de Travis, uma garota que sempre foi responsável e obediente aos pais, até que um dia resolveu seguir sua vida sozinha. É assistente médica, tem 26 anos e é noiva de Kevin. Não gosta muito do vizinho, - sem nem mesmo o conhecer - até que se vê obrigada a falar com ele, por acreditar que sua cachorrinha Molly está grávida de Moby, cachorro de Travis. Mas tudo não passa de um grande engano.
A partir do mal entendido envolvendo os cachorrinhos, os vizinhos começam uma amizade, tentando estabelecer uma boa relação e Travis não perde a chance de flertar com Gabby toda a vez que pode,  e ela, mesmo sendo noiva, se sente mexida com as investidas do clássico garanhão. 
Com o passar do tempo os dois se vêem apaixonados um pelo outro e Nicholas Sparks coloca em cheque e mate a vida dos personagens, como de costume, fazendo um deles ter que fazer a primeira "escolha" do livro.
Mais tempo se passa, até que uma coisa terrível acontece com Gabby e Travis, e ele  se vê perdido, sem noção nenhuma de como agir se vendo em uma situação super difícil e tendo que fazer uma escolha, - a principal do livro - que poderá mudar o rumo de sua vida.

Minha opinião: Fãs do Nicholas me perdoem, mas achei esse livro muito "meia-boca".
Mesmo ouvindo muitas criticas positivas não consigo mudar de opinião sobre ele. Nada pessoal, mas ele é  tão previsível quanto é água com açúcar. Me deixou com uma sensação de que poderia ser melhor. Não sei se o  problema foi  só comigo, mas eu criei tanta expectativa em cima da famosa "ESCOLHA" que Travis tinha que fazer, que acabei me decepcionando um tanto quanto, quando descobri o que era.
Bom, é claro que o livro não é péssimo, tem lá suas qualidades, até porque foi escrito por um dos melhores romancistas do momento não é? Tem frases lindas como de praxe, é uma leitura boa e de qualidade, narrada em terceira pessoa. Tem personagens bons e apesar de Travis ser o tipico garanhão, tem uma personalidade bastante peculiar. Gabby é carismática e tenho certeza que muitas meninas irão se identificar com ela ao ler o livro. E por ultimo, gostei bastante do fato de ter cachorros envolvidos na história e o fato de terem parte no romance dos protagonistas. O meu problema com este livro foi mesmo o enredo e o desfecho, infelizmente.
Sparks é mestre, isto ninguém contesta. Escreveu romances louváveis como Um amor para recordar e Querido John, mas este deixou muito a desejar na minha opinião.


18 Comentários

  1. Oioi.
    Já li esse livro, meu segundo "Sparks"
    O primeiro foi Querido John, que não gostei, achei muito depressivo, me deixou com a sensação de algo triste...mas ok, tá lido rs
    Sobre A Escolha... eu gostei, pelo que li, euzinha, vejo isso mais como gosto...
    hehe, até chorei no final... mas sou emotiva >.<
    A escrita, os personagens, os cachorrinhos te agradaram, mas ainda não entendi bem o por que vc não curtiu, já até emprestei meu livro 3 vezes e em todas, já choraram e adoraram no final ahhah.
    Mas gosto é gosto e não tô aqui pra discutir,só pra comentar rs

    bjbj e até

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila, tudo bem?
      Não gostei do desenrolar da história, do jeito como ela foi tomando o seu rumo entende? Sempre espero muito dos livros de Sparks, por ele ser simplesmente Sparks e acho que criei muita expectativa em cima deste, esperando até mesmo um final melhor. Não é um livro ruim, como eu disse, mas de todos que li desse autor, esse foi o que eu menos gostei, infelizmente.
      Também vi e ouvi muitos elogios sobre esse livro e também vi que muitas pessoas se emocionaram com ele e acho perfeitamente normal. Até porque gosto é gosto como você disse, haha.
      Beijos e obrigado por deixar seu comentário.
      Até a próxima.

      Excluir
  2. Olá pessoal!
    No meu ponto de vista, "A Escolha" é, como na maioria dos livros de Nicholas Sparks, uma tensão só...Esse livro é muito detalhado no inicio, nos acontecimento de começo de relacionamento, e na parte principal da história, achei que deixou muito á desejar. Acho que os maiores detalhes, poderiam ter vindo no desfecho da "tal escolha".
    Na verdade, esse livro vem de forma que, façamos uma análise sobre decisões. Até onde podemos chegar em nome do amor?
    Nem sempre fazemos a escolha certa, mas na maioria das vezes, fazemos aquilo que nosso coração nos pede, sendo assim, Travis teve o discernimento necessário naquele momento.
    Esse livro me tocou bem lá no fundo, tirando-me muitas reflexões...

    *_* . ^Â^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Elaine, que bom que gostou do livro e que ele te tocou, é sempre muito bom ler livros assim.
      Obrigado por deixar sua opinião.
      Beijos

      Excluir
  3. Este foi o último livro do autor que eu li, e para variar adorei a história, mas eu sempre adoro tudo o qu ele escreve...hehe.

    Beijão, Van - Blog do Balaio
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/2014/03/enfeiticadas-jessica-spotswood-editora.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Van, na maioria das vezes também gosto do que Nicholas escreve, haha.
      A proposito, estou seguindo o seu blog!
      Beijos e obrigado por deixar sua opinião.

      Excluir
  4. Adorei sua resenha. Ela foi direta e conclusiva. Como eu costumo dizer cada um tem a seguinte opinião acima do que lê, vê, ouve, sente, etc. e mesmo que eu ou outra pessoa tenha gostado e não concordado com a sua, acredito que isso faz de você mais que um leitor. Um leitor crítico, que vê além da escrita. Parabéns e continue escrevendo, você é ótimo. Com carinho, Joyce.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Joyce. É claro que ficamos chateados quando gostamos tanto de um livro e vemos que alguém tem uma opinião oposta a nossa, mas isso é normal, pelo menos pra mim. Cada um tem sua própria opinião, seja referente a livros, roupas ou qualquer outra coisa.
      Foi muito bom ler seu comentário! Obrigado mesmo.
      Continue acompanhando o blog.
      Beijos

      Excluir
  5. Oi Carina, indiquei seu blog para responder uma tag, espero que goste e possa responde-la: http://colecaodenuvens.blogspot.com.br/2014/03/tag-versatile-blogger.html

    Jacke Helen
    ☁ http://colecaodenuvens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem?
    No meio do livro tive q fazer uma pausa por dois dias, Fiquei com raiva na verdade, xinguei o autor, xinguei o Travis, rsrs... Minha vontade foi de abandonar o livro, mas quis dar uma chance para o autor, rsrs... A história bem detalhada dos flertes entre eles prende um pouco a atenção do q virá, embora não gostei da atitude desonesta dela. Caramba, ela estava com o Kevin a quatro anos, ele podia ter lá seus defeitos, mas ele gostava dela. E foi desonesto com todos ter traído ele. Mas até ai tudo bem, hoje em dia traição é tão comum q quase ninguém se escandaliza mais. Mas ela fez uma escolha, ela decidiu ficar com o Travis. Ela desistiu de tudo o q era seguro e provável, pelo talvez. E o q ele deveria ter feito era o mínimo, cuidar dela. Esse é um dos fatores pelas tragedias no transito, acham q são imortais, ninjas e q nunca acontecerá nd. Ele foi um super irresponsável. Ele estava guiando o carro, ele era responsável pela vida q estava carregando. Foram muitos erros nd, foram atitudes de gente irresponsável. Culpa? Mas o q adianta a culpa? A merda já ta feita. E quem levou o pior pela escolha q fez? De uma história bonita, cheia de cuidados e de repente me deparo com isso, fiquei com muita raiva, rs. Não tinha vontade nem de olhar para o livro, só q eu quis dar uma chance para o autor explicar q raio de escolha, colocar uma babaquice daquelas naquele momento, rsrs... Gostei de certa forma da atitude de Travis de não desistir, esse foi o talvez dele. E embora Gaby deixou escrito seu desejo, ele acabou q tomou outra decisão, não achei q foi egoísmo, não. Acho q ele decidiu por dar uma chance a ela. No final chorei, pq querendo ou não, todos torcem pelo q aconteceu, pelo menos acho q sim, rsrs. Bom o final pelo menos foi como desejei. É o autor se redimiu comigo só um pouquinho, rsrs. A história pode até ser meia boca, mas a escolha de Travis não foi pouca coisa não. Ela era assistente médica, ela sabia q voltar de um coma era muito difícil, e por ela saber sobre essas coisas, e ainda ter um casal como exemplo, a escolha dele foi difícil. A escolha dele deveria seguir pela lógica e pelo desejo de sua mulher, já q ela estava naquela situação por causa dele, nd mais justo seguir com o q ela desejava naquela situação. Ah, é um bom livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mônica, estou bem e você?
      Me vi lendo esse livro como você agora, tive os mesmos desesperos em certos momentos e vontade de nem olhar mais pro livro, idêntica a você. Haha Menos o final que você gostou e que te agradou e a mim não, volto a dizer infelizmente, porque eu até queria gostar, mas não gostei e é isso.
      Não digo que a escolha que Travis teve que fazer foi "meia-boca" como o livro, mas eu esperava por mais, talvez o problema seja eu e não o livro (haha), porque criei muita, mas muita expectativa em cima da famosa escolha e acabei me decepcionando feio.
      Obrigado por deixar sua opinião!
      Beijos

      Excluir
  7. Um Amor Para Recordar é lindo também, mas meu livro preferido dele é A Última Música. Eu li A Escolha, e no começo estava achando meio chatinho também, mas aí no meio pro final, quando passam alguns anos, a estória começa a ficar tão doce que eu acabei dando 5 estrelas.♥

    PiinkCookie.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um Amor Para Recordar é lindo mesmo! O meu preferido do autor é Querido John ♥
      Beijos

      Excluir
  8. Concordo Plenamente! "A Escolha" é uma boa história e um bom livro, mas deixou muito a desejar. A história é muito previsível e o desfecho não é uma surpresa. Deixou aquele famoso pensamento de "poderia ser bem melhor". E achei também um tanto clichê a história, mas estamos falando do Nicholas Sparks. De 0 à 10, minha nota p/ este seria 5,5

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como eu disse, por ser da autoria de Sparks tem lá suas qualidades, mas não me convenceu, o autor poderia ter sido melhor neste livro, mas é só a minha opinião.
      Obrigado por deixar seu comentário.
      Beijos.

      Excluir
  9. Nossa incrível como o nosso livro preferido do autor é o mesmo (Querido John) e a minha opinião de A Escolha seja tão diferente rs
    Realmente chega uma hora que se torna previsível, mas achei tão linda a história que até o momento este é o meu segundo livro preferido do autor.
    Dizem que O Guardião também é muito bom, mas eu ainda não li
    Beijos
    Dri
    http://livrosleituraseleitores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, pelo que percebi existem muitas opiniões diferentes sobre este livro, e eu fico feliz em saber disso, por incrível que pareça haha
      Não tive a oportunidade de ler O Guardião ainda, sendo um dos poucos do Nicholas que eu não li, mas está na minha lista!
      Beijos, obrigado por deixar sua opinião e continue acompanhando.

      Excluir

Sua opinião é super importante para mim e para o crescimento do blog. Então, deixe seu comentário. Obrigada e continue acompanhando. ♥